Igreja

Capela da Quinta do Tronco

 

Mais conhecida como Capela do Tronco, a Capela de Nossa Senhora da Assunção, assim, chamada no Século XVIII, é possivelmente a mais antiga da Freguesia de Paranhos.

 

Esta Capela era privativa da Quinta do Tronco. Em 1941 os Franciscanos Capuchinhos adquiriram a Quinta e a Casa do Tronco.

A palavra “Tronco” tem origem num acontecimento antigo, pois era nesta zona que havia um tronco onde se prendiam os cavalos para serem ferrados e também se aproveitava para os alimentar e dar de beber.

 

Estes cavalos é que puxavam as carroças e as diligências que se dirigiam de Coimbra para Braga e de Braga para Coimbra, através das antigas estradas ou calçadas. Da zona do tronco fazem parte, a Rua do Tronco, a Rua Nova do Tronco e parte da Rua do Amial e da Circunvalação.

A Quinta do tronco era um solar com jardins e uma pequena Capela dedicada à Imaculada Conceição, imagem do século XVIII que ainda se encontra na Capela da fraternidade.

Nesse local e mesmo antes da chegada dos Capuchinhos à Quinta do Tronco, já se costumavam fazer retiros pelos sacerdotes da diocese do Porto, visto ser um lugar tranquilo, convidativo para o recolhimento e serenidade na oração.

 

Igreja da Imaculada

 

Pertencente à Ordem dos Frades Franciscanos, a Igreja do Amial ou Igreja dos Capuchinhos, foi inaugurada em 8 de dezembro 1958, e é actualmente a sede da Paróquia do Amial e a maior Igreja da freguesia, com capacidade para aproximadamente para mil pessoas.

Desde 1974, os Capuchinhos são párocos da Paróquia do Amial, e a nossa Igreja é, desde 1980, sede da mesma Paróquia, com o título de Nossa Senhora do Amial.

Dedicada a Nossa Senhora da Conceição, a Igreja tem um só espaço com altares laterais e vitrais coloridos de forma harmoniosa, separados do altar-mor por arcos.

Sob a Igreja existe uma cripta a funcionar com salas de catequese, espaço de convívio e cultural.

 

A entrada, numa escadaria em granito, com rampa de ambos os lados coberta em calçada portuguesa, embelezam dando a graciosidade, tornando seguro o acesso das pessoas à Igreja.

Com corrimão lateral, existe uma rampa de acesso a pessoas com mobilidade reduzida.

 

Atualmente nesta Paróquia do Amial

Pe. Manuel Luis de Mesquita Teixeira – Pároco